Recomendações para uma rolagem infinita compatível com a pesquisa

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Nível do webmaster: avançado

O quadro de avisos ou o feed de notícias do seu site pode usar a rolagem infinita , para a alegria dos usuários. Para o Googlebot, no entanto, essa não é uma boa notícia. Com a rolagem infinita, os rastreadores não podem replicar o comportamento manual do usuário, como rolar a página ou clicar em um botão para carregar mais itens. Dessa forma, os rastreadores nem sempre conseguem acessar todos os itens individuais no feed ou na galeria. Se os rastreadores não puderem acessar seu conteúdo, provavelmente ele não será exibido nos resultados da pesquisa.

Para garantir que os mecanismos de pesquisa possam rastrear itens individuais vinculados a partir de uma página com rolagem infinita, você ou seu sistema de gerenciamento de conteúdo deve produzir uma sequência paginada (páginas componentes) para acompanhar sua rolagem infinita.

A página de rolagem infinita é criada de forma a ser “compatível com a pesquisa” quando convertida para uma sequência paginada. As páginas componentes têm <title> semelhantes com valores rel=next/prev declarados no <head>.

É possível ver esse tipo de comportamento em ação na demonstração de paginação com rolagem infinita (site em inglês) criada pelo analista de tendências para webmasters, John Mueller . A demonstração ilustra alguns pontos principais compatíveis com o mecanismo de pesquisa:
  • Cobertura: todos os itens individuais são acessíveis. Com a rolagem infinita tradicional, os itens individuais exibidos após o carregamento de página inicial não são detectáveis pelos rastreadores.
  • Sem sobreposição: cada item é listado somente uma vez na sequência paginada (ou seja, sem duplicação de itens).
Recomendações compatíveis com a pesquisa para a rolagem infinita
  1. Antes de começar:
    • Separe o conteúdo da sua página de rolagem infinita em páginas componentes que possam ser acessadas quando o JavaScript for desativado.
    • Determine a quantidade de conteúdo que será incluída em cada página.
      • Garanta que se um usuário faz uma pesquisa e chegue diretamente na sua página, ele consegue encontrar facilmente o item exato que procura (por exemplo, sem precisar usar muito a rolagem para encontrar o conteúdo que procura).
      • Mantenha um tempo de carregamento da página razoável.
    • Divida o conteúdo para que não haja sobreposição entre páginas componentes na sequência (exceto no armazenamento em buffer).

  2. O exemplo à esquerda é compatível com a pesquisa, o exemplo à direita não é e causaria o rastreamento e a indexação de conteúdo duplicado.

  3. Estruture os URLs para o processamento de mecanismo de pesquisa de rolagem infinita.
    • Cada página componente contém um URL completo. Recomendamos URLs completos nesses casos para minimizar o potencial de erros de configuração.
      • Bom: example.com/category?name=fun-items&page=1
      • Bom: example.com/fun-items?lastid=567
      • Menos eficaz: example.com/fun-items#1
      • Teste e verifique se cada página componente (o URL) leva diretamente para o conteúdo e é acessível / referenciável em um navegador sem o mesmo cookie ou histórico do usuário.
    • Todos os parâmetros de URL de valor / chave devem seguir estas recomendações:
      • Garanta que o URL exibe conceitualmente mesmo conteúdo duas semanas a partir de hoje.
        • Evite parâmetros de URL com base em tempo relativo:
          example.com/category/page.php?name=fun-items& days-ago=3
      • Crie parâmetros que exibam conteúdo importante para o usuário que realiza a pesquisa.
        • Evite usar parâmetros que não são importantes para o usuário que faz a pesquisa como o método principal de acesso ao conteúdo:
          example.com/fun-places? radius=5&lat=40.71&long=-73.40

  4. Configure a paginação para que cada página componente tenha os valores rel=next e rel=prev no <head> . Os valores de paginação no <body> serão ignorados para fins de indexação do Google, pois eles podem ser criados com conteúdo gerado pelo usuário (sem a intenção do webmaster).

  5. Implemente replaceState/pushState (artigo em inglês) na página de rolagem infinita. A decisão sobre usar um ou ambos depende de você e do comportamento do usuário do seu site. Por isso, recomendamos a inclusão de pushState (sozinho ou em conjunto com replaceState) para o seguinte:
    • Qualquer ação de usuário que pareça um clique ou uma virada de página efetiva.
    • Para oferecer aos usuários a possibilidade de fazer o backup em série do conteúdo que foi repaginado mais recentemente.

  6. Teste!
    • Verifique se os valores da página se ajustam quando o usuário rola a página para cima ou para baixo. O site rolagem-infinita-com-paginação (site em inglês) de John Mueller demonstra o comportamento de rolagem para cima / baixo.
    • Verifique se as páginas que estão fora dos limites na sequência retornam uma resposta 404 (ou seja, example.com/category?name=fun-items&page=999 devem retornar uma resposta 404 se houver somente 998 páginas de conteúdo).
    • Investigue possíveis implicações de usabilidade geradas pela implementação de rolagem infinita (site em inglês).
Se tiver dúvidas ou comentários, coloque suas questões no nosso fórum de ajuda para webmasters .
Escrito, revisado ou codificado por John Mueller , Maile Ohye e Joachim Kupke
Publicado por Diogo Botelho , da equipe de Search Quality do Google