Limites de velocidade

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

O Roads API retorna o limite de velocidade postado para um determinado trecho de via. No caso de trechos de via com limites de velocidade variáveis, o limite de velocidade padrão do segmento é retornado.

A precisão dos dados de limite de velocidade retornados pelo Roads API não pode ser garantida. Os dados de limite de velocidade fornecidos não são em tempo real e podem ser estimados, imprecisos, incompletos e/ou desatualizados. Consulte os detalhes de cobertura para ver as regiões em que os dados de limite de velocidade estão disponíveis.

Pedidos

Uma solicitação de limites de velocidade precisa ser enviada por HTTPS com o seguinte formato:

https://roads.googleapis.com/v1/speedLimits?parameters&key=YOUR_API_KEY

Uso do parâmetro

Parâmetros obrigatórios

  • Um parâmetro path ou placeId.
    • path: uma lista de até 100 pares de latitude/longitude que representam um caminho. Os valores de latitude e longitude precisam ser separados por vírgulas. Os pares de latitude/longitude precisam ser separados pelo caractere de barra vertical: "|". Ao fornecer o parâmetro path, a API primeiro ajusta o caminho para a via mais provável percorrida por um veículo (como acontece com a solicitação snapToRoads) e, em seguida, determina o limite de velocidade do segmento de via relevante. Se você não quiser que a API ajuste o caminho, transmita um parâmetro placeId, conforme explicado abaixo. O exemplo a seguir mostra o parâmetro path com três pares de latitude/longitude: path=60.170880,24.942795|60.170879,24.942796|60.170877,24.942796.
    • placeId: os IDs de lugar que representam um ou mais trechos de via. Cada ID de lugar precisa se referir a um trecho de via, e não a outro tipo de lugar. Você pode transmitir até 100 IDs de lugar a cada solicitação. A API não realiza ajustes de vias em IDs de lugar fornecidos. A resposta inclui um limite de velocidade para cada ID de lugar na solicitação. Você pode enviar uma solicitação de snapToRoads ou nearestRoads para encontrar os IDs de lugar relevantes e fornecê-los como entrada para a solicitação speedLimits. O exemplo a seguir mostra o parâmetro placeId com dois IDs de lugar: placeId=ChIJX12duJAwGQ0Ra0d4Oi4jOGE&placeId=ChIJLQcticc0GQ0RoiNZJVa5GxU
  • key: a chave de API do aplicativo. Seu aplicativo precisa se identificar sempre que enviar uma solicitação ao Roads API incluindo uma chave de API em cada solicitação. Saiba como criar uma chave.

Parâmetros opcionais

  • units: se os limites de velocidade serão retornados em quilômetros ou milhas por hora. Ele pode ser definido como KPH ou MPH. O padrão é KPH.

Respostas

Os seguintes elementos podem estar presentes em uma resposta speedLimits:

  • speedLimits: uma matriz de metadados de vias. Cada elemento consiste nos seguintes campos:
    • placeId: um identificador exclusivo de um lugar. Todos os IDs de lugar retornados pela Roads API corresponderão a trechos de via.
    • speedLimit: o limite de velocidade para esse trecho de via.
    • units: retorna KPH ou MPH.
  • snappedPoints: uma matriz de pontos adicionados. Essa matriz só estará presente se a solicitação contiver um parâmetro path. Cada ponto consiste nos seguintes campos:
    • location: contém um valor latitude e longitude.
    • originalIndex: um número inteiro que indica o valor correspondente na solicitação original. Cada valor na solicitação precisa ser mapeado para um valor ajustado na resposta. Esses valores são indexados a partir de 0, portanto, um ponto com um originalIndex de 4 será o valor ajustado da quinta latitude/longitude transmitida para o parâmetro path.
    • placeId: um identificador exclusivo de um lugar. Todos os IDs de lugar retornados pela Roads API corresponderão a trechos de via. O placeId pode ser transmitido em uma solicitação de limites de velocidade para determinar o limite de velocidade ao longo do trecho de via.
  • warning_message: uma string que contém um aviso visível para o usuário.

Exemplo de solicitação usando um caminho

Essa solicitação recebe o limite de velocidade de cada segmento de via mais próximo dos pares de latitude/longitude especificados em um caminho que atravessa a ponte Vasco da Gama, em Lisboa, em Portugal.

Solicitação

https://roads.googleapis.com/v1/speedLimits?path=38.75807927603043,-9.03741754643809|38.6896537,-9.1770515|41.1399289,-8.6094075&key=YOUR_API_KEY

Resposta

{
  speedLimits:
  [
    {
      placeId: "ChIJX12duJAwGQ0Ra0d4Oi4jOGE",
      speedLimit: 105,
      units: "KPH"
    },
    {
      placeId: "ChIJLQcticc0GQ0RoiNZJVa5GxU",
      speedLimit: 70,
      units: "KPH"
    },
    {
      placeId: "ChIJJ4vQRudkJA0RpednU70A-5M",
      speedLimit: 55,
      units: "KPH"
    }
  ],
  snappedPoints:
  [
    {
      location:
      {
        latitude: 38.75807927603043,
        longitude: -9.037417546438084
      },
      originalIndex: 0,
      placeId: "ChIJX12duJAwGQ0Ra0d4Oi4jOGE"
    },
    {
      location:
      {
        latitude: 38.689653701836896,
        longitude: -9.177051486847693
      },
      originalIndex: 1,
      placeId: "ChIJLQcticc0GQ0RoiNZJVa5GxU"
    },
    {
      location:
      {
        latitude: 41.13993011767777,
        longitude: -8.609400794783655
      },
      originalIndex: 2,
      placeId: "ChIJJ4vQRudkJA0RpednU70A-5M"
    }
  ],
  warningMessage: "Input path is too sparse. You should provide a path where consecutive points are closer to each other. Refer to the 'path' parameter in Google Roads API documentation."
}

Observe a mensagem de aviso para esparsidade de pontos na resposta acima. Se você estiver solicitando limites de velocidade para os trechos de via mais próximos em pontos arbitrários, chame speedLimits com IDs de lugar recuperados do endpoint nearestRoads.

Exemplo de solicitação usando IDs de lugar

Em vez de usar pares de latitude/longitude, você pode transmitir os IDs de lugar dos trechos de via. Consulte IDs de lugar para trechos de via usando solicitações snapToRoads ou nearestRoads. Quando você passa os IDs de lugar, a API retorna o limite de velocidade do trecho de via representado por cada ID de lugar. A API não aplica nenhum ajuste de rua aos IDs de lugar fornecidos.

O exemplo a seguir solicita os limites de velocidade de alguns dos trechos de via que cruzam a ponte Vasco da Gama, em Lisboa, Portugal.

Solicitação

https://roads.googleapis.com/v1/speedLimits?placeId=ChIJX12duJAwGQ0Ra0d4Oi4jOGE&placeId=ChIJLQcticc0GQ0RoiNZJVa5GxU&placeId=ChIJJ4vQRudkJA0RpednU70A-5M&key=YOUR_API_KEY

Resposta

{
  "speedLimits": [
    {
      placeId: "ChIJX12duJAwGQ0Ra0d4Oi4jOGE",
      speedLimit: 105,
      units: "KPH"
    },
    {
      placeId: "ChIJLQcticc0GQ0RoiNZJVa5GxU",
      speedLimit: 70,
      units: "KPH"
    },
    {
      placeId: "ChIJJ4vQRudkJA0RpednU70A-5M",
      speedLimit: 55,
      units: "KPH"
    }
  ]
}

Recomendações de uso

Para minimizar o volume de chamadas ao serviço de limite de velocidade, recomendamos a amostragem dos locais dos seus recursos em intervalos de 5 a 15 minutos (o valor exato depende da velocidade em que um recurso está viajando). Se um recurso estiver fixo, uma única amostra de local será suficiente. Não é necessário fazer várias chamadas.

Para minimizar a latência geral, recomendamos chamar o serviço de limite de velocidade depois de acumular alguns dados, em vez de chamar a API sempre que a localização de um recurso para dispositivo móvel for recebida.

Por que alguns ou todos os limites de velocidade estão ausentes?

A causa mais comum da ausência de speedLimits é solicitar o limite de velocidade de um lugar que não é um trecho de via.

O exemplo acima usa a ponte Vasco da Gama para ilustrar conceitos. A ponte suporta a travessia de E90 sobre o Rio Tejo. A ponte tem um ID de lugar de ChIJUzt97ZEwGQ0RM1JzQfqoDtU. O primeiro trecho de via na resposta acima faz parte da via E90 e tem o ID de lugar "ChIJX12duJAwGQ0Ra0d4Oi4jOGE". Na solicitação de exemplo, se você substituir o ID de lugar da via pelo ID do lugar da ponte, na resposta haverá apenas dois limites de velocidade na matriz speedLimits, porque o ID de lugar da ponte não se refere a um segmento da via individual. Além disso, se nenhum dos IDs de lugar for para trechos de via, a resposta não conterá limites de velocidade.

Ao fazer solicitações de limite de velocidade usando IDs de lugar, verifique se cada ID de lugar se refere a um trecho de via, e não a outro tipo de lugar. Os IDs de lugar de segmentos de via individuais são mais bem recuperados com solicitações snapToRoads ou nearestRoads, que podem retornar vários IDs de lugar de uma única chamada.