Parâmetros de URL da API Maps JavaScript

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

Neste documento, abordamos todos os parâmetros que podem ser especificados na string de consulta do URL de carregamento do script ao carregar a API Maps JavaScript. Alguns parâmetros são obrigatórios, outros são opcionais. Como é padrão em URLs, todos os parâmetros são separados usando o caractere E comercial (&).

O URL de exemplo a seguir tem marcadores de posição para todos os parâmetros possíveis:

https://maps.googleapis.com/maps/api/js?key=YOUR_API_KEY
&callback=FUNCTION_NAME
&v=VERSION
&libraries="LIBRARIES"
&language="LANGUAGE"
&region="REGION"
&solution_channel="SOLUTION_IDENTIFIER"
&auth_referrer_policy="AUTH_REFERRER_POLICY"

O URL no exemplo de tag script a seguir carrega a API Maps JavaScript:

<script async
    src="https://maps.googleapis.com/maps/api/js?key=YOUR_API_KEY&callback=initMap">
</script>

Parâmetros obrigatórios

Estes são os parâmetros obrigatórios ao carregar a API Maps JavaScript.

  • key: sua chave de API. A API Maps JavaScript só é carregada quando uma chave de API válida é especificada.

  • callback: o nome de uma função global a ser chamada após o carregamento completo da API Maps JavaScript.

Parâmetros opcionais

Use esses parâmetros para solicitar uma versão específica da API Maps JavaScript, carregar mais bibliotecas, localizar seu mapa ou especificar a política de verificação de referenciador de HTTP.

  • v: a versão da API Maps JavaScript a ser usada.

  • libraries: uma lista separada por vírgulas de outras bibliotecas da API Maps JavaScript a serem carregadas.

  • language: o idioma a ser usado. Esse parâmetro afeta os nomes de controles, notificações de direitos autorais, rotas de carro e rótulos de controle, além das respostas às solicitações de serviço. Consulte a lista de idiomas compatíveis.

  • region: o código da região a ser usado. Esse parâmetros muda o comportamento do mapa com base em um determinado país ou território.

  • solution_channel: a Plataforma Google Maps oferece muitos tipos de exemplo de código para que você comece a usar o produto rapidamente. O Google inclui o parâmetro de consulta solution_channel nas chamadas de API no exemplo de código para acompanhar a implementação dos exemplos mais complexos e melhorar a qualidade da solução.

  • auth_referrer_policy: os clientes do Maps JS podem configurar restrições de referenciadores HTTP no console do Cloud e assim limitar os URLs com permissão para usar uma determinada chave de API. Por padrão, essas restrições são configuradas para que apenas alguns caminhos possam usar uma chave de API. Se qualquer URL no mesmo domínio ou origem puder usar a chave de API, defina auth_referrer_policy=origin para limitar a quantidade de dados enviados ao autorizar solicitações da API Maps JavaScript. Disponível a partir da versão 3.46. Quando esse parâmetro for especificado, só vai ser possível carregar a API Maps JavaScript se as restrições de referenciadores HTTP estiverem ativadas e uma delas corresponder ao domínio do site atual sem um caminho definido.