YouTube Reporting API - Data Model

Importante:uma futura mudança na política afeta por quanto tempo você poderá recuperar relatórios da API YouTube Reporting. Após a alteração, os relatórios diários da API e de preenchimento estarão disponíveis por 60 dias (em vez de 180 dias) a partir do momento em que forem gerados. Os relatórios de dados históricos vão ficar disponíveis por 30 dias a partir do momento em que forem gerados.

Essa mudança está prevista para entrar em vigor em julho de 2018, e a nova política é válida para todos os relatórios e jobs de geração de relatórios. Consulte o histórico de revisões da API para ver todos os detalhes sobre essa alteração.

A API YouTube Reporting é compatível com relatórios predefinidos que contêm um conjunto abrangente de dados do YouTube Analytics sobre um canal ou proprietário do conteúdo. Com esses relatórios, você pode fazer o download dos conjuntos de dados em massa que podem ser consultados com a API YouTube Analytics ou na seção Analytics do Estúdio de Criação.

Visão geral

Os campos nesses relatórios são caracterizados como dimensões ou métricas:

  • As dimensões são critérios comuns usados para agregar dados, como a data em que a ação ocorreu ou o país em que os usuários estavam. Em um relatório, cada linha de dados tem uma combinação exclusiva de valores de dimensão.
  • As métricas são medidas individuais relacionadas à atividade do usuário, ao desempenho dos anúncios ou à receita estimada. As métricas de atividade do usuário incluem coisas como contagens e classificações de visualizações de vídeos (gostei e não gostei).

Por exemplo, o relatório básico de atividade do usuário para canais contém as seguintes dimensões:

  • data: é a data em que a atividade ocorreu.
  • channel_id: o canal do YouTube associado à atividade.
  • video_id: o vídeo do YouTube associado à atividade.
  • live_or_on_demand: um valor que indica se os espectadores estavam assistindo uma transmissão de vídeo ao vivo.
  • subscribed_status: um valor que indica se os espectadores estavam inscritos no canal.
  • country_code: o país onde os espectadores estavam localizados.

O relatório também contém muitas métricas, como visualizações, curtidas e average_view_duration_seconds. Depois de recuperar e importar o relatório, um aplicativo pode fazer vários cálculos diferentes com base em valores de dimensão comuns.

Recuperar relatórios do YouTube Analytics

Etapa 1: recuperar as credenciais de autorização

Todas as solicitações da API YouTube Reporting precisam ser autorizadas. O Guia de autorização explica como usar o protocolo OAuth 2.0 para recuperar tokens de autorização.

As solicitações da API YouTube Reporting usam os seguintes escopos de autorização:

Escopos
https://www.googleapis.com/auth/yt-analytics.readonly Visualizar os relatórios do YouTube Analytics para seu conteúdo do YouTube. Este escopo fornece acesso às métricas de atividade do usuário, como contagens de visualização e de classificação.
https://www.googleapis.com/auth/yt-analytics-monetary.readonly Visualizar os relatórios monetários do YouTube Analytics para seu conteúdo do YouTube. Esse escopo fornece acesso às métricas de atividade do usuário, à receita estimada e ao desempenho de anúncios.

Etapa 2: identificar o relatório a ser recuperado

Chame o método reportTypes.list da API para recuperar uma lista de relatórios que podem ser gerados para o proprietário do canal ou do conteúdo. O método retorna uma lista de nomes e IDs de relatórios. Capture o valor da propriedade id para os relatórios que você quer gerar. Por exemplo, o ID do Relatório básico de atividade do usuário para canais é channel_basic_a1.

Também é possível encontrar os nomes dos relatórios na documentação que define relatórios de canal e relatórios do proprietário do conteúdo compatíveis.

Etapa 3: criar um job de geração de relatórios

O YouTube não começa a gerar o relatório até que você crie um job para ele. Dessa forma, os relatórios são gerados apenas para os canais e proprietários de conteúdo que realmente desejam recuperá-los.

Para criar um job de relatórios, chame o método jobs.create da API. Defina os seguintes valores no corpo da solicitação:

  • Defina o valor da propriedade reportTypeId como o ID do relatório recuperado na etapa 2.
  • Defina o valor da propriedade name como o nome que você quer associar ao relatório.

A resposta da API para o método jobs.create contém um recurso Job, que especifica o ID que identifica exclusivamente o trabalho. Você pode começar a recuperar o relatório dentro de 48 horas a partir do momento em que a tarefa for criada, e o primeiro relatório disponível será para o dia em que você agendou o trabalho.

Por exemplo, se você programar um job para 1o de setembro de 2015, o relatório para 1o de setembro de 2015 estará pronto em 3 de setembro de 2015. O relatório de 2 de setembro de 2015 será postado no dia 4 de setembro de 2015 e assim por diante.

Etapa 4: recuperar o ID do job

Observação: se o aplicativo armazenou o ID do trabalho retornado na etapa 3, você pode pular esta etapa.

Chame o método jobs.list para recuperar uma lista de jobs programados. A propriedade reportTypeId em cada recurso Job retornado identifica o tipo de relatório gerado por esse job. Seu aplicativo precisa do valor da propriedade id do mesmo recurso na etapa a seguir.

Etapa 5: recuperar o URL de download do relatório

Chame o método jobs.reports.list para recuperar uma lista de relatórios criados para o job. Na solicitação, defina o parâmetro jobId como o ID do job do relatório que você quer recuperar.

Dica:use o parâmetro createdAfter para indicar que a API só deve retornar relatórios criados após um período especificado. Esse parâmetro pode ser usado para garantir que a API retorne apenas relatórios que ainda não foram processados.

A resposta da API contém uma lista de recursos Report para esse job. Cada recurso se refere a um relatório que contém dados de um período exclusivo de 24 horas. Observe que o YouTube gera relatórios para download para os dias em que não houver dados disponíveis. Esses relatórios contêm uma linha de cabeçalho, mas não contêm dados adicionais.

  • As propriedades startTime e endTime do recurso identificam o período abrangido pelos dados do relatório.
  • A propriedade downloadUrl do recurso identifica o URL em que o relatório pode ser buscado.

  • A propriedade createTime do recurso especifica a data e a hora em que o relatório foi gerado. O aplicativo deve armazenar esse valor e usá-lo para determinar se os relatórios baixados anteriormente mudaram.

Etapa 6: faça o download do relatório

Envie uma solicitação HTTP GET ao downloadUrl da etapa 5 para recuperar o relatório.

Você pode reduzir a largura de banda necessária para fazer o download de relatórios ativando a compactação gzip em solicitações de download. Embora seu aplicativo precise de mais tempo de CPU para descompactar as respostas da API, a vantagem de consumir menos recursos da rede geralmente supera esse custo.

Para receber uma resposta codificada em gzip, defina o cabeçalho da solicitação HTTP Accept-Encoding como gzip, conforme mostrado no exemplo a seguir:

Accept-Encoding: gzip

Relatórios de processamento

Práticas recomendadas

Os aplicativos que usam a API YouTube Reporting devem sempre seguir estas práticas:

  • Use a linha do cabeçalho de um relatório para determinar a ordem das colunas. Por exemplo, não presuma que visualizações vão ser a primeira métrica retornada em um relatório só porque ela é a primeira métrica listada em uma descrição. Em vez disso, use a linha do cabeçalho do relatório para determinar qual coluna contém esses dados.

  • Mantenha um registro dos relatórios transferidos por download para evitar o processamento repetido do mesmo relatório. A lista a seguir sugere algumas maneiras de fazer isso.

    • Ao chamar o método reports.list, use o parâmetro createdAfter para recuperar somente relatórios criados após uma determinada data. Omita o parâmetro createdAfter na primeira vez que você recuperar relatórios.

      Sempre que você recuperar e processar relatórios, armazene o carimbo de data/hora correspondente à data e hora de criação do relatório mais recente. Em seguida, atualize o valor do parâmetro createdAfter em cada chamada sucessiva para o método reports.list. Assim, você garante que esteja recuperando apenas novos relatórios, incluindo novos relatórios com dados preenchidos, sempre que chamar a API.

      Como proteção, antes de recuperar um relatório, verifique também se o ID dele já não está listado no seu banco de dados.

    • Armazene o ID de cada relatório que você tenha transferido por download e processado. Você também pode armazenar informações adicionais, como a data e hora em que cada relatório foi gerado ou as startTime e endTime do relatório, que, juntas, identificam o período para o qual o relatório contém dados. Cada job provavelmente terá muitos relatórios, já que cada relatório contém dados de um período de 24 horas.

      Use o ID do relatório para identificar os relatórios que você ainda precisa transferir por download e importar. No entanto, se dois novos relatórios tiverem os mesmos valores de propriedade startTime e endTime, importe somente o relatório com o valor createTime mais recente.

  • Os relatórios contêm IDs associados aos recursos do YouTube, e você pode usar a API YouTube Data para recuperar metadados adicionais desses recursos. Conforme observado nas Políticas do desenvolvedor de serviços da API do YouTube (seções III.E.4.b a III.E.4.d), os clientes de APIs precisam excluir ou atualizar os metadados de recursos armazenados dessa API após 30 dias.

Características do relatório

Os relatórios da API são arquivos .csv (valores separados por vírgula) com controle de versão com as seguintes características:

  • Cada relatório contém dados de um período exclusivo de 24 horas, que vai das 0h às 23h59 do horário do Pacífico. Dessa forma, em qualquer relatório, o valor da dimensão date é sempre o mesmo.

  • Os relatórios são atualizados diariamente.

  • O YouTube gera relatórios para download para os dias em que não houver dados disponíveis. Esses relatórios conterão uma linha de cabeçalho, mas não terão dados adicionais.

  • Importante:uma futura mudança na política afeta por quanto tempo você poderá recuperar relatórios da API YouTube Reporting. No momento, a mudança está programada para entrar em vigor em julho de 2018 e será aplicada globalmente a todos os relatórios e jobs de geração de relatórios.

    • Antes da mudança, os relatórios da API ficam disponíveis por até 180 dias a partir do momento em que foram gerados.
    • Após a mudança, os relatórios da API vão ficar disponíveis por 60 dias a partir do momento em que forem gerados, com exceção dos dados históricos gerados para novos jobs. Os relatórios com mais de 60 dias não poderão mais ser acessados quando a mudança na política entrar em vigor.
    • Depois da alteração, os relatórios que contêm dados históricos ficarão disponíveis por 30 dias a partir do momento em que forem gerados. Os relatórios que contêm dados históricos e tiverem mais de 30 dias não poderão mais ser acessados quando a alteração da política entrar em vigor.
  • Os dados do relatório não são filtrados. Assim, um relatório de canal contém todos os dados dos vídeos ou das playlists de um canal, com a exceção indicada no parágrafo a seguir relacionada a recursos excluídos. Da mesma forma, um relatório do proprietário do conteúdo contém todos os dados dos canais do proprietário do conteúdo (vídeos, listas de reprodução, desempenho do anúncio etc.), com a seguinte exceção.

    Embora os dados do relatório não sejam filtrados, os relatórios que contêm dados de um período a partir de 1° de junho de 2018 não terão referências a recursos do YouTube que foram excluídos pelo menos 30 dias antes da data em que o relatório foi gerado.

  • Os dados do relatório não são classificados.

  • Os relatórios omitem linhas que não têm métricas. Em outras palavras, as linhas que não têm métricas são excluídas do relatório. Por exemplo, se um vídeo não tiver visualizações na Albânia em um determinado dia, o relatório desse dia não conterá linhas para a Albânia.

  • Os relatórios não contêm linhas que fornecem dados resumidos para métricas, como o número total de visualizações de todos os vídeos de um canal. É possível calcular esses valores totais como a soma dos valores no relatório, mas essa soma pode não incluir métricas para vídeos excluídos, conforme observado acima. Você também pode usar a API YouTube Analytics para recuperar as contagens totais. A API YouTube Analytics retorna valores totais que incluem métricas de recursos excluídos, embora esses recursos não sejam explicitamente referenciados nas respostas da API.

Dados de preenchimento

Os dados de preenchimento se referem a um conjunto de dados que substitui um conjunto enviado anteriormente. Quando um relatório de dados de preenchimento estiver disponível, seu aplicativo deverá recuperar o novo relatório e atualizar seus dados armazenados para corresponder ao conjunto de dados revisado. Por exemplo, seu aplicativo pode excluir os dados anteriores para o período abrangido no relatório e, em seguida, importar o novo conjunto de dados.

Se o YouTube tiver dados de preenchimento, ele vai gerar um novo relatório com um novo ID. Nesse caso, os valores de propriedade startTime e endTime do relatório vão corresponder aos horários de início e término de um relatório que estava disponível e que você pode ter transferido por download.

Os relatórios de preenchimento com dados de um período a partir de 1o de junho de 2018 não terão referências a recursos do YouTube que foram excluídos pelo menos 30 dias antes da data em que o relatório foi gerado.

Dados históricos

Quando você programa um novo trabalho de relatório, o YouTube gera relatórios históricos que abrangem um período anterior à criação da tarefa. Portanto, nesta documentação, dados históricos se referem a um relatório que contém dados de um período anterior à programação do job de geração de relatórios.

Importante: uma futura alteração na política afeta o período de geração dos dados desse relatório. No momento, a mudança está programada para entrar em vigor em julho de 2018 e será aplicada globalmente a todos os relatórios e jobs de geração de relatórios.

  • Antes da mudança na política, quando você programa um novo trabalho de geração de relatórios, o YouTube gera relatórios que abrangem o período de 180 dias antes da criação da tarefa.
  • Após a alteração da política, quando você programar um novo trabalho de relatório, o YouTube gerará relatórios a partir desse dia e abrange o período de 30 dias anterior ao momento em que você criou o job.

Os relatórios históricos vão ser publicados assim que estiverem disponíveis. Normalmente, todos os dados históricos de uma vaga são publicados em alguns dias. Conforme explicado na seção Características do relatório, após uma alteração de política programada para entrar em vigor em julho de 2018, os relatórios que tiverem dados históricos ficarão disponíveis por 30 dias a partir do momento em que forem gerados. Os relatórios que contêm dados não históricos ficam disponíveis por 60 dias após a alteração da política.

Anonimização de dados

Para garantir o anonimato dos espectadores do YouTube, os valores de algumas dimensões serão retornados somente se uma métrica na mesma linha atender a um determinado limite.

Por exemplo, no relatório de origem do tráfego de vídeo para canais, cada linha contém várias dimensões, incluindo traffic_source_type e traffic_source_detail. Cada linha também contém várias métricas, incluindo visualizações. Nas linhas que descrevem o tráfego proveniente de uma pesquisa do YouTube, a dimensão traffic_source_detail identifica o termo de pesquisa que gerou o tráfego.

Neste exemplo, aplicam-se as seguintes regras:

  • O relatório de origem do tráfego identificará o termo de consulta (traffic_source_detail) somente se ele tiver gerado pelo menos um determinado número de visualizações de um vídeo específico em um determinado dia. Nesse caso, views é a métrica, video_id é a dimensão de agregação e traffic_source_detail é a dimensão anônima.

  • O relatório inclui outra linha que agrega métricas de todos os valores de traffic_source_detail que não atendem ao limite mínimo de visualizações. Essa linha informa o número total de visualizações associadas a esses termos de consulta, mas não identifica os termos em si.

As tabelas a seguir ilustram essas regras. A primeira tabela contém um conjunto hipotético de dados brutos que o YouTube usaria para gerar um relatório de origem de tráfego, e a segunda tabela contém o próprio relatório. Nesse exemplo, o limite de visualizações é 10. Isso significa que o relatório só vai identificar um termo de pesquisa se ele tiver gerado pelo menos 10 visualizações de um vídeo específico em um determinado dia. (Os limites reais estão sujeitos a alterações.)

Dados brutos de tráfego de pesquisa do YouTube para um vídeo

Suponha que os dados abaixo descrevem o tráfego de pesquisa do YouTube para um determinado vídeo em um dia específico.

termo de pesquisa de visualizações estimativa de minutos assistidos
estilo gangnam 100 200
psy 15 25
psy gangnam 9 15
Oppa Gangnam 5 8
dança equitação 2 5

Exemplo de relatório de origem de tráfego

A tabela a seguir mostra um trecho do relatório de origem do tráfego que o YouTube geraria para os dados brutos na seção anterior. O relatório real conteria mais dimensões e métricas. Nesse exemplo, o relatório identifica termos de pesquisa somente se eles tiverem gerado pelo menos 10 visualizações. Os limites reais estão sujeitos a alterações.

Na terceira linha do relatório, o valor da dimensão trafficSourceDetail é NULL. As métricas views e estimatedMinutesWatched contêm as visualizações e os minutos assistidos combinados dos três termos de pesquisa que geraram menos de 10 visualizações.

trafficSourceDetail de visualizações estimatedMinutesWatched
estilo gangnam 100 200
psy 15 25
NULL 16 28

Dimensões sujeitas a anonimização

A tabela a seguir identifica os valores de dimensão que são anônimos se os valores das métricas associadas não atingem um determinado limite. Em cada caso, o valor da métrica é agregado em outra dimensão. Por exemplo, se a métrica for visualizações e a dimensão de agregação video_id, o valor da dimensão vai ser anônimo, a menos que o vídeo tenha sido assistido um determinado número de vezes.

Métrica Como agregar dimensões Dimensão anonimizada Valor anonimizado
subscribers_gained channel_id country_code ZZ
subscribers_gained channel_id province_code US-ZZ
subscribers_lost channel_id country_code ZZ
subscribers_lost channel_id province_code US-ZZ
comments video_id country_code ZZ
comments video_id province_code US-ZZ
marcações "Gostei" video_id country_code ZZ
marcações "Gostei" video_id province_code US-ZZ
não gostei video_id country_code ZZ
não gostei video_id province_code US-ZZ
visualizações video_id age_group NULL
visualizações video_id gender [gênero] NULL
visualizações video_id e traffic_source_detail traffic_source_detail NULL
Número de inscritos no canal channel_id subscribed_status NULL

Exemplos de código

Os exemplos de código a seguir demonstram como usar a API para criar um job de geração de relatórios e, em seguida, recuperar um relatório para esse job. Dois exemplos de código são fornecidos para cada linguagem:

  1. O primeiro exemplo de código mostra como recuperar uma lista de tipos de relatório disponíveis e criar um novo job de relatórios.

  2. O segundo exemplo de código mostra como recuperar um relatório para um job específico. É possível recuperar os relatórios até 48 horas após a criação da tarefa.

Observação:os exemplos de código a seguir podem não representar todas as linguagens de programação compatíveis. Consulte a documentação das bibliotecas de cliente para ver uma lista das linguagens suportadas.

Java

Os exemplos a seguir usam a biblioteca cliente Java:

Exemplo 1: criar um job de relatório

O exemplo de código a seguir chama o método reportTypes.list para recuperar uma lista de tipos de relatório disponíveis. Em seguida, ele chama o método jobs.create para criar um novo job de geração de relatórios.

/*
 * Copyright (c) 2015 Google Inc.
 *
 * Licensed under the Apache License, Version 2.0 (the "License"); you may not use this file except
 * in compliance with the License. You may obtain a copy of the License at
 *
 * http://www.apache.org/licenses/LICENSE-2.0
 *
 * Unless required by applicable law or agreed to in writing, software distributed under the License
 * is distributed on an "AS IS" BASIS, WITHOUT WARRANTIES OR CONDITIONS OF ANY KIND, either express
 * or implied. See the License for the specific language governing permissions and limitations under
 * the License.
 */

package com.google.api.services.samples.youtube.cmdline.reporting;

import com.google.api.client.auth.oauth2.Credential;
import com.google.api.client.googleapis.json.GoogleJsonResponseException;
import com.google.api.services.samples.youtube.cmdline.Auth;
import com.google.api.services.youtubereporting.YouTubeReporting;
import com.google.api.services.youtubereporting.model.Job;
import com.google.api.services.youtubereporting.model.ListReportTypesResponse;
import com.google.api.services.youtubereporting.model.ReportType;
import com.google.common.collect.Lists;

import java.io.BufferedReader;
import java.io.IOException;
import java.io.InputStreamReader;
import java.util.List;

/**
 * This sample creates a reporting job by:
 *
 * 1. Listing the available report types using the "reportTypes.list" method.
 * 2. Creating a reporting job using the "jobs.create" method.
 *
 * @author Ibrahim Ulukaya
 */
public class CreateReportingJob {

    /**
     * Define a global instance of a YouTube Reporting object, which will be used to make
     * YouTube Reporting API requests.
     */
    private static YouTubeReporting youtubeReporting;


    /**
     * Create a reporting job.
     *
     * @param args command line args (not used).
     */
    public static void main(String[] args) {

        /*
         * This OAuth 2.0 access scope allows for read access to the YouTube Analytics monetary reports for
         * authenticated user's account. Any request that retrieves earnings or ad performance metrics must
         * use this scope.
         */
        List<String> scopes = Lists.newArrayList("https://www.googleapis.com/auth/yt-analytics-monetary.readonly");

        try {
            // Authorize the request.
            Credential credential = Auth.authorize(scopes, "createreportingjob");

            // This object is used to make YouTube Reporting API requests.
            youtubeReporting = new YouTubeReporting.Builder(Auth.HTTP_TRANSPORT, Auth.JSON_FACTORY, credential)
                    .setApplicationName("youtube-cmdline-createreportingjob-sample").build();

            // Prompt the user to specify the name of the job to be created.
            String name = getNameFromUser();

            if (listReportTypes()) {
              createReportingJob(getReportTypeIdFromUser(), name);
            }
        } catch (GoogleJsonResponseException e) {
            System.err.println("GoogleJsonResponseException code: " + e.getDetails().getCode()
                    + " : " + e.getDetails().getMessage());
            e.printStackTrace();

        } catch (IOException e) {
            System.err.println("IOException: " + e.getMessage());
            e.printStackTrace();
        } catch (Throwable t) {
            System.err.println("Throwable: " + t.getMessage());
            t.printStackTrace();
        }
    }

    /**
     * Lists report types. (reportTypes.listReportTypes)
     * @return true if at least one report type exists
     * @throws IOException
     */
    private static boolean listReportTypes() throws IOException {
        // Call the YouTube Reporting API's reportTypes.list method to retrieve report types.
        ListReportTypesResponse reportTypesListResponse = youtubeReporting.reportTypes().list()
            .execute();
        List<ReportType> reportTypeList = reportTypesListResponse.getReportTypes();

        if (reportTypeList == null || reportTypeList.isEmpty()) {
          System.out.println("No report types found.");
          return false;
        } else {
            // Print information from the API response.
            System.out.println("\n================== Report Types ==================\n");
            for (ReportType reportType : reportTypeList) {
                System.out.println("  - Id: " + reportType.getId());
                System.out.println("  - Name: " + reportType.getName());
                System.out.println("\n-------------------------------------------------------------\n");
           }
        }
        return true;
    }

    /**
     * Creates a reporting job. (jobs.create)
     *
     * @param reportTypeId Id of the job's report type.
     * @param name name of the job.
     * @throws IOException
     */
    private static void createReportingJob(String reportTypeId, String name)
        throws IOException {
        // Create a reporting job with a name and a report type id.
        Job job = new Job();
        job.setReportTypeId(reportTypeId);
        job.setName(name);

        // Call the YouTube Reporting API's jobs.create method to create a job.
        Job createdJob = youtubeReporting.jobs().create(job).execute();

        // Print information from the API response.
        System.out.println("\n================== Created reporting job ==================\n");
        System.out.println("  - ID: " + createdJob.getId());
        System.out.println("  - Name: " + createdJob.getName());
        System.out.println("  - Report Type Id: " + createdJob.getReportTypeId());
        System.out.println("  - Create Time: " + createdJob.getCreateTime());
        System.out.println("\n-------------------------------------------------------------\n");
    }

    /*
     * Prompt the user to enter a name for the job. Then return the name.
     */
    private static String getNameFromUser() throws IOException {

        String name = "";

        System.out.print("Please enter the name for the job [javaTestJob]: ");
        BufferedReader bReader = new BufferedReader(new InputStreamReader(System.in));
        name = bReader.readLine();

        if (name.length() < 1) {
            // If nothing is entered, defaults to "javaTestJob".
          name = "javaTestJob";
        }

        System.out.println("You chose " + name + " as the name for the job.");
        return name;
    }

    /*
     * Prompt the user to enter a report type id for the job. Then return the id.
     */
    private static String getReportTypeIdFromUser() throws IOException {

        String id = "";

        System.out.print("Please enter the reportTypeId for the job: ");
        BufferedReader bReader = new BufferedReader(new InputStreamReader(System.in));
        id = bReader.readLine();

        System.out.println("You chose " + id + " as the report type Id for the job.");
        return id;
    }
}

Exemplo 2: recuperar um relatório

O exemplo de código chama o método jobs.list para recuperar uma lista de jobs de relatórios. Em seguida, ele chama o método reports.list com o parâmetro jobId definido como um ID de job específico para recuperar relatórios criados por esse job. Por fim, a amostra imprime o URL de download de cada relatório.

/*
 * Copyright (c) 2015 Google Inc.
 *
 * Licensed under the Apache License, Version 2.0 (the "License"); you may not use this file except
 * in compliance with the License. You may obtain a copy of the License at
 *
 * http://www.apache.org/licenses/LICENSE-2.0
 *
 * Unless required by applicable law or agreed to in writing, software distributed under the License
 * is distributed on an "AS IS" BASIS, WITHOUT WARRANTIES OR CONDITIONS OF ANY KIND, either express
 * or implied. See the License for the specific language governing permissions and limitations under
 * the License.
 */

package com.google.api.services.samples.youtube.cmdline.reporting;

import com.google.api.client.auth.oauth2.Credential;
import com.google.api.client.googleapis.json.GoogleJsonResponseException;
import com.google.api.client.http.GenericUrl;
import com.google.api.services.samples.youtube.cmdline.Auth;
import com.google.api.services.youtubereporting.YouTubeReporting;
import com.google.api.services.youtubereporting.YouTubeReporting.Media.Download;
import com.google.api.services.youtubereporting.model.Job;
import com.google.api.services.youtubereporting.model.ListJobsResponse;
import com.google.api.services.youtubereporting.model.ListReportsResponse;
import com.google.api.services.youtubereporting.model.Report;

import com.google.common.collect.Lists;

import java.io.BufferedReader;
import java.io.ByteArrayOutputStream;
import java.io.File;
import java.io.FileOutputStream;
import java.io.IOException;
import java.io.InputStreamReader;
import java.util.List;

import javax.print.attribute.standard.Media;

/**
 * This sample retrieves reports created by a specific job by:
 *
 * 1. Listing the jobs using the "jobs.list" method.
 * 2. Retrieving reports using the "reports.list" method.
 *
 * @author Ibrahim Ulukaya
 */
public class RetrieveReports {

    /**
     * Define a global instance of a YouTube Reporting object, which will be used to make
     * YouTube Reporting API requests.
     */
    private static YouTubeReporting youtubeReporting;


    /**
     * Retrieve reports.
     *
     * @param args command line args (not used).
     */
    public static void main(String[] args) {

        /*
         * This OAuth 2.0 access scope allows for read access to the YouTube Analytics monetary reports for
         * authenticated user's account. Any request that retrieves earnings or ad performance metrics must
         * use this scope.
         */
        List<String> scopes = Lists.newArrayList("https://www.googleapis.com/auth/yt-analytics-monetary.readonly");

        try {
            // Authorize the request.
            Credential credential = Auth.authorize(scopes, "retrievereports");

            // This object is used to make YouTube Reporting API requests.
            youtubeReporting = new YouTubeReporting.Builder(Auth.HTTP_TRANSPORT, Auth.JSON_FACTORY, credential)
                    .setApplicationName("youtube-cmdline-retrievereports-sample").build();

            if (listReportingJobs()) {
              if(retrieveReports(getJobIdFromUser())) {
                downloadReport(getReportUrlFromUser());
              }
            }
        } catch (GoogleJsonResponseException e) {
            System.err.println("GoogleJsonResponseException code: " + e.getDetails().getCode()
                    + " : " + e.getDetails().getMessage());
            e.printStackTrace();

        } catch (IOException e) {
            System.err.println("IOException: " + e.getMessage());
            e.printStackTrace();
        } catch (Throwable t) {
            System.err.println("Throwable: " + t.getMessage());
            t.printStackTrace();
        }
    }

    /**
     * Lists reporting jobs. (jobs.listJobs)
     * @return true if at least one reporting job exists
     * @throws IOException
     */
    private static boolean listReportingJobs() throws IOException {
        // Call the YouTube Reporting API's jobs.list method to retrieve reporting jobs.
        ListJobsResponse jobsListResponse = youtubeReporting.jobs().list().execute();
        List<Job> jobsList = jobsListResponse.getJobs();

        if (jobsList == null || jobsList.isEmpty()) {
          System.out.println("No jobs found.");
          return false;
        } else {
            // Print information from the API response.
            System.out.println("\n================== Reporting Jobs ==================\n");
            for (Job job : jobsList) {
                System.out.println("  - Id: " + job.getId());
                System.out.println("  - Name: " + job.getName());
                System.out.println("  - Report Type Id: " + job.getReportTypeId());
                System.out.println("\n-------------------------------------------------------------\n");
            }
        }
        return true;
    }

    /**
     * Lists reports created by a specific job. (reports.listJobsReports)
     *
     * @param jobId The ID of the job.
     * @throws IOException
     */
    private static boolean retrieveReports(String jobId)
        throws IOException {
        // Call the YouTube Reporting API's reports.list method
        // to retrieve reports created by a job.
        ListReportsResponse reportsListResponse = youtubeReporting.jobs().reports().list(jobId).execute();
        List<Report> reportslist = reportsListResponse.getReports();

        if (reportslist == null || reportslist.isEmpty()) {
            System.out.println("No reports found.");
            return false;
        } else {
            // Print information from the API response.
            System.out.println("\n============= Reports for the job " + jobId + " =============\n");
            for (Report report : reportslist) {
                System.out.println("  - Id: " + report.getId());
                System.out.println("  - From: " + report.getStartTime());
                System.out.println("  - To: " + report.getEndTime());
                System.out.println("  - Download Url: " + report.getDownloadUrl());
                System.out.println("\n-------------------------------------------------------------\n");
            }
        }
        return true;
    }

    /**
     * Download the report specified by the URL. (media.download)
     *
     * @param reportUrl The URL of the report to be downloaded.
     * @throws IOException
     */
    private static boolean downloadReport(String reportUrl)
        throws IOException {
        // Call the YouTube Reporting API's media.download method to download a report.
        Download request = youtubeReporting.media().download("");
        FileOutputStream fop = new FileOutputStream(new File("report"));
        request.getMediaHttpDownloader().download(new GenericUrl(reportUrl), fop);
        return true;
    }

    /*
     * Prompt the user to enter a job id for report retrieval. Then return the id.
     */
    private static String getJobIdFromUser() throws IOException {

        String id = "";

        System.out.print("Please enter the job id for the report retrieval: ");
        BufferedReader bReader = new BufferedReader(new InputStreamReader(System.in));
        id = bReader.readLine();

        System.out.println("You chose " + id + " as the job Id for the report retrieval.");
        return id;
    }

    /*
     * Prompt the user to enter a URL for report download. Then return the URL.
     */
    private static String getReportUrlFromUser() throws IOException {

        String url = "";

        System.out.print("Please enter the report URL to download: ");
        BufferedReader bReader = new BufferedReader(new InputStreamReader(System.in));
        url = bReader.readLine();

        System.out.println("You chose " + url + " as the URL to download.");
        return url;
    }}

PHP

Os exemplos a seguir usam a biblioteca cliente PHP.

Exemplo 1: criar um job de relatório

O exemplo de código a seguir chama o método reportTypes.list para recuperar uma lista de tipos de relatório disponíveis. Em seguida, ele chama o método jobs.create para criar um novo job de geração de relatórios.

<?php

/**
 * This sample creates a reporting job by:
 *
 * 1. Listing the available report types using the "reportTypes.list" method.
 * 2. Creating a reporting job using the "jobs.create" method.
 *
 * @author Ibrahim Ulukaya
 */

/**
 * Library Requirements
 *
 * 1. Install composer (https://getcomposer.org)
 * 2. On the command line, change to this directory (api-samples/php)
 * 3. Require the google/apiclient library
 *    $ composer require google/apiclient:~2.0
 */
if (!file_exists(__DIR__ . '/vendor/autoload.php')) {
  throw new \Exception('please run "composer require google/apiclient:~2.0" in "' . __DIR__ .'"');
}

require_once __DIR__ . '/vendor/autoload.php';
session_start();

/*
 * You can acquire an OAuth 2.0 client ID and client secret from the
 * {{ Google Cloud Console }} <{{ https://cloud.google.com/console }}>
 * For more information about using OAuth 2.0 to access Google APIs, please see:
 * <https://developers.google.com/youtube/v3/guides/authentication>
 * Please ensure that you have enabled the YouTube Data API for your project.
 */
$OAUTH2_CLIENT_ID = 'REPLACE_ME';
$OAUTH2_CLIENT_SECRET = 'REPLACE_ME';

$client = new Google_Client();
$client->setClientId($OAUTH2_CLIENT_ID);
$client->setClientSecret($OAUTH2_CLIENT_SECRET);

/*
 * This OAuth 2.0 access scope allows for read access to the YouTube Analytics monetary reports for
 * authenticated user's account. Any request that retrieves earnings or ad performance metrics must
 * use this scope.
 */
$client->setScopes('https://www.googleapis.com/auth/yt-analytics-monetary.readonly');
$redirect = filter_var('http://' . $_SERVER['HTTP_HOST'] . $_SERVER['PHP_SELF'],
    FILTER_SANITIZE_URL);
$client->setRedirectUri($redirect);

// YouTube Reporting object used to make YouTube Reporting API requests.
$youtubeReporting = new Google_Service_YouTubeReporting($client);

// Check if an auth token exists for the required scopes
$tokenSessionKey = 'token-' . $client->prepareScopes();
if (isset($_GET['code'])) {
  if (strval($_SESSION['state']) !== strval($_GET['state'])) {
    die('The session state did not match.');
  }

  $client->authenticate($_GET['code']);
  $_SESSION[$tokenSessionKey] = $client->getAccessToken();
  header('Location: ' . $redirect);
}

if (isset($_SESSION[$tokenSessionKey])) {
  $client->setAccessToken($_SESSION[$tokenSessionKey]);
}

// Check to ensure that the access token was successfully acquired.
if ($client->getAccessToken()) {
  // This code executes if the user enters a name in the form
  // and submits the form. Otherwise, the page displays the form above.
  try {
    if (empty(listReportTypes($youtubeReporting, $htmlBody))) {
      $htmlBody .= sprintf('<p>No report types found.</p>');
    } else if ($_GET['reportTypeId']){
      createReportingJob($youtubeReporting, $_GET['reportTypeId'], $_GET['jobName'], $htmlBody);
    }
  } catch (Google_Service_Exception $e) {
    $htmlBody = sprintf('<p>A service error occurred: <code>%s</code></p>',
        htmlspecialchars($e->getMessage()));
  } catch (Google_Exception $e) {
    $htmlBody = sprintf('<p>An client error occurred: <code>%s</code></p>',
        htmlspecialchars($e->getMessage()));
  }
  $_SESSION[$tokenSessionKey] = $client->getAccessToken();
} elseif ($OAUTH2_CLIENT_ID == 'REPLACE_ME') {
  $htmlBody = <<<END
  <h3>Client Credentials Required</h3>
  <p>
    You need to set <code>\$OAUTH2_CLIENT_ID</code> and
    <code>\$OAUTH2_CLIENT_ID</code> before proceeding.
  <p>
END;
} else {
  // If the user hasn't authorized the app, initiate the OAuth flow
  $state = mt_rand();
  $client->setState($state);
  $_SESSION['state'] = $state;

  $authUrl = $client->createAuthUrl();
  $htmlBody = <<<END
  <h3>Authorization Required</h3>
  <p>You need to <a href="$authUrl">authorize access</a> before proceeding.<p>
END;
}


/**
 * Creates a reporting job. (jobs.create)
 *
 * @param Google_Service_YouTubereporting $youtubeReporting YouTube Reporting service object.
 * @param string $reportTypeId Id of the job's report type.
 * @param string $name name of the job.
 * @param $htmlBody - html body.
 */
function createReportingJob(Google_Service_YouTubeReporting $youtubeReporting, $reportTypeId,
    $name, &$htmlBody) {
  # Create a reporting job with a name and a report type id.
  $reportingJob = new Google_Service_YouTubeReporting_Job();
  $reportingJob->setReportTypeId($reportTypeId);
  $reportingJob->setName($name);

  // Call the YouTube Reporting API's jobs.create method to create a job.
  $jobCreateResponse = $youtubeReporting->jobs->create($reportingJob);

  $htmlBody .= "<h2>Created reporting job</h2><ul>";
  $htmlBody .= sprintf('<li>"%s" for reporting type "%s" at "%s"</li>',
      $jobCreateResponse['name'], $jobCreateResponse['reportTypeId'], $jobCreateResponse['createTime']);
  $htmlBody .= '</ul>';
}


/**
 * Returns a list of report types. (reportTypes.listReportTypes)
 *
 * @param Google_Service_YouTubereporting $youtubeReporting YouTube Reporting service object.
 * @param $htmlBody - html body.
 */
function listReportTypes(Google_Service_YouTubeReporting $youtubeReporting, &$htmlBody) {
  // Call the YouTube Reporting API's reportTypes.list method to retrieve report types.
  $reportTypes = $youtubeReporting->reportTypes->listReportTypes();

  $htmlBody .= "<h3>Report Types</h3><ul>";
  foreach ($reportTypes as $reportType) {
    $htmlBody .= sprintf('<li>id: "%s", name: "%s"</li>', $reportType['id'], $reportType['name']);
  }
  $htmlBody .= '</ul>';

  return $reportTypes;
}
?>

<!doctype html>
<html>
<head>
<title>Create a reporting job</title>
</head>
<body>
  <form method="GET">
    <div>
      Job Name: <input type="text" id="jobName" name="jobName" placeholder="Enter Job Name">
    </div>
    <br>
    <div>
      Report Type Id: <input type="text" id="reportTypeId" name="reportTypeId" placeholder="Enter Report Type Id">
    </div>
    <br>
    <input type="submit" value="Create!">
  </form>
  <?=$htmlBody?>
</body>
</html>

Exemplo 2: recuperar um relatório

O exemplo de código chama o método jobs.list para recuperar uma lista de jobs de relatórios. Em seguida, ele chama o método reports.list com o parâmetro jobId definido como um ID de job específico para recuperar relatórios criados por esse job. Por fim, a amostra imprime o URL de download de cada relatório.

<?php

/**
 * This sample supports the following use cases:
 *
 * 1. Retrieve reporting jobs by content owner:
 *    Ex: php retrieve_reports.php  --contentOwner=="CONTENT_OWNER_ID"
 *    Ex: php retrieve_reports.php  --contentOwner=="CONTENT_OWNER_ID" --includeSystemManaged==True
 * 2. Retrieving list of downloadable reports for a particular job:
 *    Ex: php retrieve_reports.php  --contentOwner=="CONTENT_OWNER_ID" --jobId="JOB_ID"
 * 3. Download a report:
 *    Ex: php retrieve_reports.php  --contentOwner=="CONTENT_OWNER_ID" --downloadUrl="DOWNLOAD_URL" --outputFile="report.txt"
 */

/**
 * Library Requirements
 *
 * 1. Install composer (https://getcomposer.org)
 * 2. On the command line, change to this directory (api-samples/php)
 * 3. Require the google/apiclient library
 *    $ composer require google/apiclient:~2.0
 */
if (!file_exists(__DIR__ . '/vendor/autoload.php')) {
  throw new \Exception('please run "composer require google/apiclient:~2.2.0" in "' . __DIR__ .'"');
}

require_once __DIR__ . '/vendor/autoload.php';
session_start();


define('CREDENTIALS_PATH', '~/.credentials/youtube-php.json');

$longOptions = array(
  'contentOwner::',
  'downloadUrl::',
  'includeSystemManaged::',
  'jobId::',
  'outputFile::',
);

$options = getopt('', $longOptions);

$CONTENT_OWNER_ID = ($options['contentOwner'] ? $options['contentOwner'] : '');
$DOWNLOAD_URL = (array_key_exists('downloadUrl', $options) ?
                 $options['downloadUrl'] : '');
$INCLUDE_SYSTEM_MANAGED = (array_key_exists('includeSystemManaged', $options) ?
                           $options['includeSystemManaged'] : '');
$JOB_ID = (array_key_exists('jobId', $options) ? $options['jobId'] : '');
$OUTPUT_FILE = (array_key_exists('outputFile', $options) ?
                $options['outputFile'] : '');

/*
 * You can obtain an OAuth 2.0 client ID and client secret from the
 * {{ Google Cloud Console }} <{{ https://cloud.google.com/console }}>
 * For more information about using OAuth 2.0 to access Google APIs, please see:
 * <https://developers.google.com/youtube/v3/guides/authentication>
 * Please ensure that you have enabled the YouTube Data API for your project.
 */
function getClient() {
  $client = new Google_Client();
  $client->setAuthConfigFile('client_secrets_php.json');
  $client->addScope(
      'https://www.googleapis.com/auth/yt-analytics-monetary.readonly');
  $client->setRedirectUri('urn:ietf:wg:oauth:2.0:oob');
  $client->setAccessType('offline');

  // Load previously authorized credentials from a file.
  $credentialsPath = expandHomeDirectory(CREDENTIALS_PATH);
  if (file_exists($credentialsPath)) {
    $accessToken = json_decode(file_get_contents($credentialsPath), true);
  } else {
    // Request authorization from the user.
    $authUrl = $client->createAuthUrl();
    printf('Open the following link in your browser:\n%s\n', $authUrl);
    print 'Enter verification code: ';
    $authCode = trim(fgets(STDIN));

    // Exchange authorization code for an access token.
    $accessToken = $client->authenticate($authCode);
    $refreshToken = $client->getRefreshToken();

    // Store the credentials to disk.
    if(!file_exists(dirname($credentialsPath))) {
      mkdir(dirname($credentialsPath), 0700, true);
    }
    file_put_contents($credentialsPath, json_encode($accessToken));
    printf('Credentials saved to %s\n', $credentialsPath);

    //fclose($fp);
  }
  $client->setAccessToken($accessToken);

  // Refresh the token if it's expired.
  if ($client->isAccessTokenExpired()) {
    $client->fetchAccessTokenWithRefreshToken($client->getRefreshToken());
    file_put_contents($credentialsPath, json_encode($client->getAccessToken()));
  }

  return $client;
}

/**
 * Expands the home directory alias '~' to the full path.
 * @param string $path the path to expand.
 * @return string the expanded path.
 */
function expandHomeDirectory($path) {
  $homeDirectory = getenv('HOME');
  if (empty($homeDirectory)) {
    $homeDirectory = getenv('HOMEDRIVE') . getenv('HOMEPATH');
  }
  return str_replace('~', realpath($homeDirectory), $path);
}

/**
 * Returns a list of reporting jobs. (jobs.listJobs)
 *
 * @param Google_Service_YouTubereporting $youtubeReporting YouTube Reporting service object.
 * @param string $onBehalfOfContentOwner A content owner ID.
 */
function listReportingJobs(Google_Service_YouTubeReporting $youtubeReporting,
    $onBehalfOfContentOwner = '', $includeSystemManaged = False) {
  $reportingJobs = $youtubeReporting->jobs->listJobs(
      array('onBehalfOfContentOwner' => $onBehalfOfContentOwner,
            'includeSystemManaged' => $includeSystemManaged));
  print ('REPORTING JOBS' . PHP_EOL . '**************' . PHP_EOL);
  foreach ($reportingJobs as $job) {
    print($job['reportTypeId'] . ':' . $job['id'] . PHP_EOL);
  }
  print(PHP_EOL);
}

/**
 * Lists reports created by a specific job. (reports.listJobsReports)
 *
 * @param Google_Service_YouTubereporting $youtubeReporting YouTube Reporting service object.
 * @param string $jobId The ID of the job.
 * @param string $onBehalfOfContentOwner A content owner ID.
 */
function listReportsForJob(Google_Service_YouTubeReporting $youtubeReporting,
    $jobId, $onBehalfOfContentOwner = '') {
  $reports = $youtubeReporting->jobs_reports->listJobsReports($jobId,
      array('onBehalfOfContentOwner' => $onBehalfOfContentOwner));
  print ('DOWNLOADABLE REPORTS' . PHP_EOL . '********************' . PHP_EOL);
  foreach ($reports['reports'] as $report) {
    print('Created: ' . date('d M Y', strtotime($report['createTime'])) .
          ' (' . date('d M Y', strtotime($report['startTime'])) .
          ' to ' . date('d M Y', strtotime($report['endTime'])) . ')' .
          PHP_EOL .  '    ' . $report['downloadUrl'] . PHP_EOL . PHP_EOL);
  }
}

/**
 * Download the report specified by the URL. (media.download)
 *
 * @param Google_Service_YouTubereporting $youtubeReporting YouTube Reporting service object.
 * @param string $reportUrl The URL of the report to be downloaded.
 * @param string $outputFile The file to write the report to locally.
 * @param $htmlBody - html body.
 */
function downloadReport(Google_Service_YouTubeReporting $youtubeReporting,
    $reportUrl, $outputFile) {
  $client = $youtubeReporting->getClient();
  // Setting the defer flag to true tells the client to return a request that
  // can be called with ->execute(); instead of making the API call immediately.
  $client->setDefer(true);

  // Call YouTube Reporting API's media.download method to download a report.
  $request = $youtubeReporting->media->download('', array('alt' => 'media'));
  $request = $request->withUri(new \GuzzleHttp\Psr7\Uri($reportUrl));
  $responseBody = '';
  try {
    $response = $client->execute($request);
    $responseBody = $response->getBody();
  } catch (Google_Service_Exception $e) {
    $responseBody = $e->getTrace()[0]['args'][0]->getResponseBody();
  }
  file_put_contents($outputFile, $responseBody);
  $client->setDefer(false);
}

// Define an object that will be used to make all API requests.
$client = getClient();
// YouTube Reporting object used to make YouTube Reporting API requests.
$youtubeReporting = new Google_Service_YouTubeReporting($client);

if ($CONTENT_OWNER_ID) {
  if (!$DOWNLOAD_URL && !$JOB_ID) {
    listReportingJobs($youtubeReporting, $CONTENT_OWNER_ID,
                      $INCLUDE_SYSTEM_MANAGED);
  } else if ($JOB_ID) {
    listReportsForJob($youtubeReporting, $JOB_ID, $CONTENT_OWNER_ID);
  } else if ($DOWNLOAD_URL && $OUTPUT_FILE) {
    downloadReport($youtubeReporting, $DOWNLOAD_URL, $OUTPUT_FILE);
  }
}

?>

Python

Os exemplos a seguir usam a biblioteca de cliente Python.

Exemplo 1: criar um job de relatório

O exemplo de código a seguir chama o método reportTypes.list para recuperar uma lista de tipos de relatório disponíveis. Em seguida, ele chama o método jobs.create para criar um novo job de geração de relatórios.

#!/usr/bin/python

# Create a reporting job for the authenticated user's channel or
# for a content owner that the user's account is linked to.
# Usage example:
# python create_reporting_job.py --name='<name>'
# python create_reporting_job.py --content-owner='<CONTENT OWNER ID>'
# python create_reporting_job.py --content-owner='<CONTENT_OWNER_ID>' --report-type='<REPORT_TYPE_ID>' --name='<REPORT_NAME>'

import argparse
import os

import google.oauth2.credentials
import google_auth_oauthlib.flow
from googleapiclient.discovery import build
from googleapiclient.errors import HttpError
from google_auth_oauthlib.flow import InstalledAppFlow


# The CLIENT_SECRETS_FILE variable specifies the name of a file that contains

# the OAuth 2.0 information for this application, including its client_id and
# client_secret. You can acquire an OAuth 2.0 client ID and client secret from
# the {{ Google Cloud Console }} at
# {{ https://cloud.google.com/console }}.
# Please ensure that you have enabled the YouTube Data API for your project.
# For more information about using OAuth2 to access the YouTube Data API, see:
#   https://developers.google.com/youtube/v3/guides/authentication
# For more information about the client_secrets.json file format, see:
#   https://developers.google.com/api-client-library/python/guide/aaa_client_secrets
CLIENT_SECRETS_FILE = 'client_secret.json'

# This OAuth 2.0 access scope allows for read access to the YouTube Analytics monetary reports for
# authenticated user's account. Any request that retrieves earnings or ad performance metrics must
# use this scope.
SCOPES = ['https://www.googleapis.com/auth/yt-analytics-monetary.readonly']
API_SERVICE_NAME = 'youtubereporting'
API_VERSION = 'v1'

# Authorize the request and store authorization credentials.
def get_authenticated_service():
  flow = InstalledAppFlow.from_client_secrets_file(CLIENT_SECRETS_FILE, SCOPES)
  credentials = flow.run_console()
  return build(API_SERVICE_NAME, API_VERSION, credentials = credentials)

# Remove keyword arguments that are not set.
def remove_empty_kwargs(**kwargs):
  good_kwargs = {}
  if kwargs is not None:
    for key, value in kwargs.iteritems():
      if value:
        good_kwargs[key] = value
  return good_kwargs

# Call the YouTube Reporting API's reportTypes.list method to retrieve report types.
def list_report_types(youtube_reporting, **kwargs):
  # Provide keyword arguments that have values as request parameters.
  kwargs = remove_empty_kwargs(**kwargs)
  results = youtube_reporting.reportTypes().list(**kwargs).execute()
  reportTypes = results['reportTypes']

  if 'reportTypes' in results and results['reportTypes']:
    reportTypes = results['reportTypes']
    for reportType in reportTypes:
      print 'Report type id: %s\n name: %s\n' % (reportType['id'], reportType['name'])
  else:
    print 'No report types found'
    return False

  return True


# Call the YouTube Reporting API's jobs.create method to create a job.
def create_reporting_job(youtube_reporting, report_type_id, **kwargs):
  # Provide keyword arguments that have values as request parameters.
  kwargs = remove_empty_kwargs(**kwargs)

  reporting_job = youtube_reporting.jobs().create(
    body=dict(
      reportTypeId=args.report_type,
      name=args.name
    ),
    **kwargs
  ).execute()

  print ('Reporting job "%s" created for reporting type "%s" at "%s"'
         % (reporting_job['name'], reporting_job['reportTypeId'],
             reporting_job['createTime']))


# Prompt the user to enter a report type id for the job. Then return the id.
def get_report_type_id_from_user():
  report_type_id = raw_input('Please enter the reportTypeId for the job: ')
  print ('You chose "%s" as the report type Id for the job.' % report_type_id)
  return report_type_id

# Prompt the user to set a job name
def prompt_user_to_set_job_name():
  job_name = raw_input('Please set a name for the job: ')
  print ('Great! "%s" is a memorable name for this job.' % job_name)
  return job_name


if __name__ == '__main__':
  parser = argparse.ArgumentParser()
  # The 'name' option specifies the name that will be used for the reporting job.
  parser.add_argument('--content-owner', default='',
      help='ID of content owner for which you are retrieving jobs and reports.')
  parser.add_argument('--include-system-managed', default=False,
      help='Whether the API response should include system-managed reports')
  parser.add_argument('--name', default='',
    help='Name for the reporting job. The script prompts you to set a name ' +
         'for the job if you do not provide one using this argument.')
  parser.add_argument('--report-type', default=None,
    help='The type of report for which you are creating a job.')
  args = parser.parse_args()

  youtube_reporting = get_authenticated_service()

  try:
    # Prompt user to select report type if they didn't set one on command line.
    if not args.report_type:
      if list_report_types(youtube_reporting,
                           onBehalfOfContentOwner=args.content_owner,
                           includeSystemManaged=args.include_system_managed):
        args.report_type = get_report_type_id_from_user()
    # Prompt user to set job name if not set on command line.
    if not args.name:
      args.name = prompt_user_to_set_job_name()
    # Create the job.
    if args.report_type:
      create_reporting_job(youtube_reporting,
                           args,
                           onBehalfOfContentOwner=args.content_owner)
  except HttpError, e:
    print 'An HTTP error %d occurred:\n%s' % (e.resp.status, e.content)

Exemplo 2: recuperar um relatório

O exemplo de código chama o método jobs.list para recuperar uma lista de jobs de relatórios. Em seguida, ele chama o método reports.list com o parâmetro jobId definido como um ID de job específico para recuperar relatórios criados por esse job. Por fim, a amostra imprime o URL de download de cada relatório.

#!/usr/bin/python

###
#
# This script retrieves YouTube Reporting API reports. Use cases:
# 1. If you specify a report URL, the script downloads that report.
# 2. Otherwise, if you specify a job ID, the script retrieves a list of
#    available reports for that job and prompts you to select a report.
#    Then it retrieves that report as in case 1.
# 3. Otherwise, the list retrieves a list of jobs for the user or,
#    if specified, the content owner that the user is acting on behalf of.
#    Then it prompts the user to select a job, and then executes case 2 and
#    then case 1.
# Usage examples:
# python retrieve_reports.py --content_owner_id=<CONTENT_OWNER_ID> --local_file=<LOCAL_FILE>
# python retrieve_reports.py --content_owner_id=<CONTENT_OWNER_ID> --job_id=<JOB_ID> --local_file=<LOCAL_FILE>
# python retrieve_reports.py --content_owner_id=<CONTENT_OWNER_ID> --report_url=<REPORT_URL> --local_file=<LOCAL_FILE>
#
###

import argparse
import os

import google.oauth2.credentials
import google_auth_oauthlib.flow
from googleapiclient.discovery import build
from googleapiclient.errors import HttpError
from googleapiclient.http import MediaIoBaseDownload
from google_auth_oauthlib.flow import InstalledAppFlow
from io import FileIO


# The CLIENT_SECRETS_FILE variable specifies the name of a file that contains
# the OAuth 2.0 information for this application, including its client_id and
# client_secret. You can acquire an OAuth 2.0 client ID and client secret from
# the {{ Google Cloud Console }} at
# {{ https://cloud.google.com/console }}.
# Please ensure that you have enabled the YouTube Data API for your project.
# For more information about using OAuth2 to access the YouTube Data API, see:
#   https://developers.google.com/youtube/v3/guides/authentication
# For more information about the client_secrets.json file format, see:
#   https://developers.google.com/api-client-library/python/guide/aaa_client_secrets
CLIENT_SECRETS_FILE = 'client_secret.json'

# This OAuth 2.0 access scope allows for read access to YouTube Analytics
# monetary reports for the authenticated user's account. Any request that
# retrieves earnings or ad performance metrics must use this scope.
SCOPES = ['https://www.googleapis.com/auth/yt-analytics-monetary.readonly']
API_SERVICE_NAME = 'youtubereporting'
API_VERSION = 'v1'

# Authorize the request and store authorization credentials.
def get_authenticated_service():
  flow = InstalledAppFlow.from_client_secrets_file(CLIENT_SECRETS_FILE, SCOPES)
  credentials = flow.run_console()
  return build(API_SERVICE_NAME, API_VERSION, credentials = credentials)

# Remove keyword arguments that are not set.
def remove_empty_kwargs(**kwargs):
  good_kwargs = {}
  if kwargs is not None:
    for key, value in kwargs.iteritems():
      if value:
        good_kwargs[key] = value
  return good_kwargs

# Call the YouTube Reporting API's jobs.list method to retrieve reporting jobs.
def list_reporting_jobs(youtube_reporting, **kwargs):
  # Only include the onBehalfOfContentOwner keyword argument if the user
  # set a value for the --content_owner argument.
  kwargs = remove_empty_kwargs(**kwargs)

  # Retrieve the reporting jobs for the user (or content owner).
  results = youtube_reporting.jobs().list(**kwargs).execute()

  if 'jobs' in results and results['jobs']:
    jobs = results['jobs']
    for job in jobs:
      print ('Reporting job id: %s\n name: %s\n for reporting type: %s\n'
        % (job['id'], job['name'], job['reportTypeId']))
  else:
    print 'No jobs found'
    return False

  return True

# Call the YouTube Reporting API's reports.list method to retrieve reports created by a job.
def retrieve_reports(youtube_reporting, **kwargs):
  # Only include the onBehalfOfContentOwner keyword argument if the user
  # set a value for the --content_owner argument.
  kwargs = remove_empty_kwargs(**kwargs)

  # Retrieve available reports for the selected job.
  results = youtube_reporting.jobs().reports().list(
    **kwargs
  ).execute()

  if 'reports' in results and results['reports']:
    reports = results['reports']
    for report in reports:
      print ('Report dates: %s to %s\n       download URL: %s\n'
        % (report['startTime'], report['endTime'], report['downloadUrl']))


# Call the YouTube Reporting API's media.download method to download the report.
def download_report(youtube_reporting, report_url, local_file):
  request = youtube_reporting.media().download(
    resourceName=' '
  )
  request.uri = report_url
  fh = FileIO(local_file, mode='wb')
  # Stream/download the report in a single request.
  downloader = MediaIoBaseDownload(fh, request, chunksize=-1)

  done = False
  while done is False:
    status, done = downloader.next_chunk()
    if status:
      print 'Download %d%%.' % int(status.progress() * 100)
  print 'Download Complete!'


# Prompt the user to select a job and return the specified ID.
def get_job_id_from_user():
  job_id = raw_input('Please enter the job id for the report retrieval: ')
  print ('You chose "%s" as the job Id for the report retrieval.' % job_id)
  return job_id

# Prompt the user to select a report URL and return the specified URL.
def get_report_url_from_user():
  report_url = raw_input('Please enter the report URL to download: ')
  print ('You chose "%s" to download.' % report_url)
  return report_url

if __name__ == '__main__':
  parser = argparse.ArgumentParser()
  parser.add_argument('--content_owner', default='',
      help='ID of content owner for which you are retrieving jobs and reports')
  parser.add_argument('--job_id', default=None,
      help='ID of the job for which you are retrieving reports. If not ' +
           'provided AND report_url is also not provided, then the script ' +
           'calls jobs.list() to retrieve a list of jobs.')
  parser.add_argument('--report_url', default=None,
      help='URL of the report to retrieve. If not specified, the script ' +
           'calls reports.list() to retrieve a list of reports for the ' +
           'selected job.')
  parser.add_argument('--local_file', default='yt_report.txt',
      help='The name of the local file where the downloaded report will be written.')
  args = parser.parse_args()

  youtube_reporting = get_authenticated_service()
  try:
    # If the user has not specified a job ID or report URL, retrieve a list
    # of available jobs and prompt the user to select one.
    if not args.job_id and not args.report_url:
      if list_reporting_jobs(youtube_reporting,
                             onBehalfOfContentOwner=args.content_owner):
        args.job_id = get_job_id_from_user()

    # If the user has not specified a report URL, retrieve a list of reports
    # available for the specified job and prompt the user to select one.
    if args.job_id and not args.report_url:
      retrieve_reports(youtube_reporting,
                       jobId=args.job_id,
                       onBehalfOfContentOwner=args.content_owner)
      args.report_url = get_report_url_from_user()

    # Download the selected report.
    if args.report_url:
      download_report(youtube_reporting, args.report_url, args.local_file)
  except HttpError, e:
    print 'An HTTP error %d occurred:\n%s' % (e.resp.status, e.content)