Lançamento da indexação que prioriza dispositivos móveis

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

Segunda-feira, 26 de março de 2018

Hoje anunciamos que, após um ano e meio de testes e experimentos minuciosos, começamos a migrar sites que seguem as práticas recomendadas para indexação que prioriza dispositivos móveis.

Nossos sistemas de classificação, indexação e rastreamento usavam a versão para computador do conteúdo de uma página. Isso causava problemas nas pesquisas feitas em dispositivos móveis quando as duas versões do conteúdo eram muito diferentes uma da outra. Com a indexação que prioriza dispositivos móveis, faremos a indexação e a classificação usando a versão do conteúdo para esse tipo de dispositivo. Assim, será mais fácil para nossos usuários encontrarem o que procuram, já que a maioria deles navega com dispositivos móveis.

Ainda temos um único índice, que é usado para exibir resultados de pesquisa. Não temos um "índice que prioriza dispositivos móveis" separado do principal. As versões para computadores costumavam ser indexadas, mas vamos começar a usar as para dispositivos móveis.

Estamos notificando os sites que estão migrando para a indexação que prioriza dispositivos móveis no Search Console. Os proprietários de sites irão perceber um aumento significativo na taxa de rastreamento do Googlebot para smartphones. Além disso, o Google vai mostrar a versão para dispositivos móveis das páginas nos resultados da Pesquisa e nas páginas em cache do Google.

mensagem enviada aos proprietários quando a indexação que prioriza dispositivos móveis está ativada para os sites

Para saber mais sobre como determinamos o conteúdo para dispositivos móveis de um site, consulte nossa documentação. Lá, explicamos como os sites que usam Web design responsivo ou exibição dinâmica geralmente são destinados para a indexação que prioriza dispositivos móveis. Para sites que têm tanto páginas AMP quanto não AMP, a preferência do Google será indexar a versão para dispositivos móveis das páginas não AMP.

Não se preocupe se seu site não estiver nessa primeira leva. No processo de indexação que prioriza dispositivos móveis, o que muda é a forma como o conteúdo é coletado, não a classificação dele. O conteúdo coletado pela indexação que prioriza dispositivos móveis não tem classificação melhor em relação ao de páginas para dispositivos móveis que ainda não usam esse recurso, nem ao das versões para computador. Além disso, se você tiver apenas conteúdo para computador, continuará no nosso índice.

Ainda assim, continuamos a incentivar os webmasters a criar conteúdo compatível com dispositivos móveis. Avaliamos todo o conteúdo do nosso índice, seja ele de computador ou dispositivo móvel, para determinar se é compatível com dispositivos móveis. Desde 2015, essa medida ajuda o conteúdo para dispositivos móveis a ter um desempenho melhor para quem pesquisa nesse tipo de aparelho. Recentemente, anunciamos que a partir de julho de 2018, os conteúdos com carregamento lento talvez tenham um desempenho inferior para quem pesquisa tanto em dispositivos móveis quanto em computadores.

Em resumo:

  • A indexação que prioriza dispositivos móveis está sendo lançada de maneira mais ampla. Esse processo não oferece vantagens na hora da classificação e independe da nossa avaliação de compatibilidade com dispositivos móveis.
  • Ter conteúdo compatível com dispositivos móveis ainda é útil para melhorar o desempenho em resultados de pesquisas feitas nesse tipo de aparelho.
  • Ter conteúdo com carregamento rápido ainda é útil para melhorar o desempenho em computadores e dispositivos móveis.
  • Como sempre, a classificação usa diversos fatores. Podemos exibir conteúdos que não são compatíveis com dispositivos móveis ou que demoram a carregar se os vários outros sinais de classificação determinarem que aquele é o conteúdo mais relevante a ser exibido.

Iremos continuar monitorando e avaliando essa alteração cuidadosamente. Se você tiver dúvidas, participe dos nossos fóruns para webmasters ou eventos públicos.